terça-feira, 24 de setembro de 2013

Ao som de Jason Marz.



Com Jason tocando nos meus fones me sinto leve, não sei o porque, mas suas músicas me deixam feliz, mesmo sem saber o significado de todas as palavras, mas tenho certeza que falam sobre : amor e liberdade, de alguma forma.

  Quando a pessoa estar feliz seus olhos iluminam até as almas mais escuras, a voz e doce como morango , e as palavras que saem de sua boca são música para qualquer ouvido.

   As músicas expressa o que o coração luta para traduzir . O medo passa a coragem fica como a melhor amiga, mas aquelas que somem de vez em quando, quando se escuta aquela voz.

    Falando de amor, quantas vezes você já se apaixonou por alguém ? Quantas vezes aquelas malditas borboletas, que mais parecem cobras, apareceu no seu estômago ? Quantas vezes você mal ouviu um oi e já se amarrou ?

   Não sei quantas vezes isso já aconteceu , mas sei que já !. A gente sofre, chora, rir ao lembrar, mas a gente ama ... Amar doí, mas passa, e deixa lembranças na sua vida. Deixa vírgulas no seu coração, e diário.  Deixa sua cabeça com um nó. Deixa seus textos com " mas " até o fim ( vocês perceberam ).

   Eu não estou amando ninguém, talvez esteja, mas não sei quem, talvez a vida, o clima, mas e só um talvez infinito, que não sei definir.