terça-feira, 8 de janeiro de 2013

A Felicidade




Antes de qualquer coisa, venho justificar minha ausência, dizendo que as grandes inspirações acontecem nos momentos de fraqueza, como uma fuga para um mundo só seu ou coisa do tipo. Felizmente (ou não), meus momentos de inspiração se transformaram em algo maior e hoje em dia, colocar em palavras tudo o que eu estou sentindo e vivendo é uma tarefa quase.. impossível.


Não é que tudo tenha melhorado num todo, mas eu decidi há algum tempo atrás, que desapegar de algumas coisas que me atrasam, seria a melhor opção pra conseguir seguir em frente sem tropeços ou quedas que me gerariam mais sofrimentos e cicatrizes. E o fiz. O resultado disso, eu vejo agora.


Estou vendo o mundo de outra forma (um tanto quanto ‘otimista’ demais), e as coisas tem melhorado. Os sonhos que antes pareciam impossíveis agora estão ao meu alcance, e isso só faz com que eu me empenhe mais em fazê-los reais. Não estou desesperada pra isso, pelo contrário, continuo seguindo os caminhos do ‘possível’, e acredito que isso é o que vai me fazer ir mais adiante.


Se fosse pra resumir tudo o que anda acontecendo agora, eu diria que o vento tomou sua forma personificada e não mais invisível, agora caminha, passo a passo, em direção ao que almejava.


Estou feliz. Basta.


                               "Não sei de quem e o texto mais o copiei do Tumblr Untitled"